Quarta-feira, 3 de Setembro de 2008

Língua de "Perguntadora"

É certo que não é a primeira vez que me apercebo disto, mas a verdade é que às vezes caio em mim e tomo consciência de que parece que a 'idade dos porquês' chegou a mim e parou ali! Acontece que sou uma Perguntadora nata, minha gente! É a verdade. A toda a hora, em todo o momento, sobre todo o assunto, lá está a vozinha "olha, mas o que quer aquilo dizer?", e "mas então e isso acontece porquê?" e ainda "mas se assim é, porque é que ninguém faz nada contra isso?" e coisas deste género.

 

 

 (imagem da Net)

Outras fórmulas de questão são ainda "olha lá, quando eu era pequena, como é que isto ou aquilo aconteceu?" ou então "eu cheguei a fazer isto, quando era bebé?" e ainda "contas-me outra vez [entenda-se por 'outra vez' algo como 'pela milésima vez'] como é que isto aconteceu no vosso casamento?"... enfim... claro que uma das ocasiões que leva mais pergunta é nos momentos que antecedem as refeições, com a costumada "o que é que vai ser o almoço/jantar?"... já não é a primeira vez que recebo um "línguas de perguntador" como resposta. 

 

Pois foi numa dessas ocasiões que veio ao de cima uma situação passada por volta da altura dos meus meros dois aninhos de idade. 

Acontece que eu tinha uma cama daquelas pequenas, de grades branquinhas e edredão de enfeites rendados, que cabia, elegantemente, num cantinho acolhedor do quarto dos meus pais, mesmo ao pé da janela. Pois, naquela altura, pelos vistos, uma palavra que me caracterizava mais que bem era "madrugadora"... e lá estava eu, às 6, 7 da matina, a puxar com quanta força tinha - quase nenhuma - o estore da janela e a dizer, alto e bom som "xá dumi tudo!". 

Os meus pais, trabalhadores como eram - e ainda são - gostavam de apreciar o fim-de-semana no quentinho da cama por mais umas horas... pelo que, remédio santo foi mudar a miúda de quarto, fornecer-lhe quarto, cama, janela e mesinhas-de-cabeceira próprios, com o boneco preferido, o Vitinho, por companhia. 

 

 

 (imagem da Net)

E como, segundo a fiel descrição que recebeu aqui a Perguntadora, a minha pessoa de mais tenra idade resolvia, de manhã, gritar do quarto novo que já estava acordada, o meu pai não viu solução senão proibir-me de gritar antes das 9 da manhã ou até ele me vir acordar.

No dia seguinte, já proferida a dita proibição, acorda o meu pai com um gritinho falado pequeno a dizer "papááá...", ao que ele respondeu, zangado, "que é?!"... e a pequena: "que horas sãããooo?", (momento em que deve o meu pai ter pensado «ai, aquela miúda!...») "são 7 e 20 da manhã, e daí?!" perguntou, furibundo por ser acordado tão cedo, ao que, pelos vistos, a pequena que era eu respondeu "e daqui também!", voltando-se na cama para voltar a dormir! Enfim... é no que dá fazer tanta pergunta, acabamos por descobrir que a nossa infância, por vezes, pode ser reduzida ao que, normalmente, apelido de "totozice aguda".

 

E quanto a vós, caros leitores? Têm episódios caricatos na vossa infância? Também são senhores de uma língua de Perguntador? Ou isso é só defeito aqui da vossa Palavreadora? (Se bem que eu nem lhe chamaria bem defeito... é, antes, feitio!)

§ mAis sObRe Mim

§ PeSquIsAr um PaLaVrEaDo

 

§ Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

§ PalAvReAdOs

§ Língua de "Perguntadora"

§ OuTrOs PaLaVrEaDoS

§ Outubro 2008

§ Setembro 2008

§ Agosto 2008

§ Julho 2008

§ Junho 2008

§ Maio 2008

§ Abril 2008

§ Março 2008

§ Fevereiro 2008

§ Janeiro 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Agosto 2007

§ Julho 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Março 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ PaLaVriNhAs

§ todas as tags

§ CaiXinHa dos TeSouRos

§ Sentir os sentimentos por...

§ Uma pitada de poesia...

§ A poesia do velho

§ Uma caixinha dos tesouros...

§ Palavreados aleatórios II...

§ Conclusão inegável

§ Palavreados aleatórios - ...

§ Palavreados aleatórios II...

§ AdMiReM OuTraS ObRaS

click to comment

§ que horas são isto?

badge

§ quantos viveram por aqui

blogs SAPO

§ subscrever feeds