Domingo, 27 de Julho de 2008

Como arranjar bons filmes ao fim de semana

Hum... será impressão minha ou, ultimamente, não há uma quantidade razoável de filmes janotas em que perder tardes inteiras de fim-de-semana? Francamente, quando eu era mais piquena, recordo-me vagamente que os filmes eram mais jeitosos - ou talvez eu diga isto por as películas que passam hoje em dia na TV serem exactamente as mesmas de há dez anos atrás, quando os vi pela primeiríssima vez. Pois, lá vem o problema recorrente da repetição constante.

 

                        (imagem: direitinha da net)

 

Mas, basicamente, parece sempre que é tudo do contra. Se, por alguma razão absurda, eu tivesse o fim-de-semana ocupado (essencialmente com algo relacionado com estudo intensivo para a faculdade), de certezinha que os filmes seriam, em todas as estações, sérios ou fantasticamente cómicos, interessantes e de suspense, estreias imperdíveis ou repetições apetecíveis.

Chego, às vezes, a ganhar uma vontade de pisar o chão com força, a fingir que vou sair de casa com pisadas audíveis, fechar a porta de casa com estrondo, para depois correr à TV para confirmar os filmes dessa altura... sou capaz de jurar que estaria algo de jeito no ar.

 

 

                             (imagem: direitinha da net)

 

Sim, provavelmente já muitos chegaram a esta conclusão e até já chegaram ao ponto de ver os filmes do fim-de-semana acompanhados dos livros de estudo, dos impressos do IRS ou do computador ligado no site da empresa, mesmo em tempo de férias... a ver se me lembro, na próxima semana, de pegar nos livros de Anatomia e pô-los bem esparramados à frente do ecrã e uns quantos de Bioestatística (para dar um ar sério à coisa) no meu colo. As pipocas, essas escondo-as, mas acho que vou precisar delas, que com estas técnicas, filmes dos bons estão garantidos, de certezinha.

sinto-me: cinéfila, mas pouco LOL
Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

Palavreados Aleatórios V - História de um Crime

O inspector X. olhou, soturno, para o edifício grande e imponente, marcado pelas grandes formas em néon de um vermelho quase sanguíneo, brilhantes, cativantes, inspiradoras, chamando a atenção, em  letras retorcidas, para a "Casa da Arte, da Música e do Espectáculo".

Ao entrar, deparou-se com a usual sala de espectáculos, de cadeiras vermelhas alinhadas, em frente ao palco largo, de cortinas fechadas.

 

 

Os polícias A., P., L., e J.T., de olhares sonolentos, patrulhavam o local, mantendo-se longe de uma zona rodeada por fita amarela, situada no centro do palco, à frente da cortina de veludo, com os dizeres característicos: CRIME SCENE DO NOT CROSS.

 

 

O inspector X. aproximou-se do local vedado, olhando, atento, para as pautas de folhas de papel brancas, impressas com imensas pintas indistintas, incompreensíveis, cujos cabeçalhos apresentavam o imponente nome de Bach,   espalhadas pelo chão de madeira cuidada, ao pé da estante prateada. Prendeu, depois,  a sua atenção num homem baixo, de cabelo escasso e branco, de fato preto elegante e bem tratado.

 

 

O homem estava sentado, ao canto do palco, com a cabeça entre as mãos e o belo violino de madeira escura repousado ao lado, no chão.

O detective K. aproximou-se por trás do inspector X., abanando a cabeça, proferindo em voz baixa a conclusão grave de um crime horrendo. 

- É o principal suspeito e parece que já confessou. Vou ler-lhe os direitos.

O inspector X. acenou, autorizando. Mirando, mais uma vez, o homem de faces arrependidas que dois polícias levaram, algemado, e os desenhos a giz que um técnico fazia, no chão, com a forma das pautas caídas, o inspector pensou o que mais a sua profissão o obrigaria a ver, quando já havia conhecido o homem que assassinara uma música.

sinto-me: criminologista!
Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

Como nos tornarmos uns blogueiros famosos!

Pois é. A meio das minhas navegações, lá dei com isto. E achei que era uma dica excepcional para todos os bloguistas que visitam aqui o estaminé... eu própria estou a pensar seguir este caminho... porque não? Não há tantos, por aí, assim?

 

sinto-me: na galhofa!
PaLaVriNhAs: , , , , ,
Terça-feira, 11 de Março de 2008

Quatro simples dicas...

... de quem não tem mesmo tempo para mais. 

 

 

...e porque uma imagem vale mais do que mil palavras!

 

Façam lá o favor de serem felizes, sim?!

(Isto depois de frequência de espanhol, aulinha pesada de histologia prática, estudo para inglês, biologia, anatomia - ai a anatomia, esqueci-me de rever a matéria dos casos clínicos!! - fazer o trabalho de biologia prático, estudar para bioquímica e histologia teórica. Como diz uma amiga minha, estou lixada com "f" maiúsculo.)

sinto-me: stressinggggg
Quinta-feira, 6 de Março de 2008

Perguntinha pra casa - Déjà vu

Pois bem, caros amigos. Mais uma vez, venho aqui no lusco-fusco normal de quem tem mesmo muuuito que fazer, mas que tira um tempinho para aqueles que não deixam de sentir a inevitável saudade aqui da Palavreadora.

 

Hoje, proponho-vos que me respondam à seguinte questão: quantas vezes e em que casos já sentiram aquela famosa sensação de déjà vu? Para quem não alcançou, trata-se daquela sensação que temos quando pensamos que estamos a viver algo por uma segunda vez ou que já sonhámos com aquele preciso momento, num dia recentemente passado, e em que quase sabemos o que vai acontecer a seguir... que me dizem? Isto acontece-vos muitas vezes ou nem por isso? É que se nunca vos aconteceu, talvez seja uma ideia a considerar o eu consultar um médico o mais rapidamente possível! he he he...

 

 

 

E lembram-se deste filme? Se não viram, aconselho vivamente!!!

 

sinto-me: deja vusista
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Tenho saudades...

...de sonhar. E de ter tempo para sonhar... a dormir, acordada, seja como for... pergunto quem tem tempo, capacidade e disposição, nestas idades, no meio de tantos afazeres, de tantas contradições da vida, para sonhar....

 

 

O sonho de vida que tenho, esse sonho-o quando posso. E quando não posso. Faz parte de mim.

 

Mas desde há algum tempo que perdi aquele hábito de sonhar livre e espontaneamente, especialmente aquele no lusco-fusco do dorme-não-dorme no escuro do quarto, à noite. Em que as imagens, belas ou assustadoras, se infiltravam por mim e eu sonhava, sozinha.

 

Quem me dera ter a inocência de sonhar de novo. A cores, a preto e branco, em português, em inglês e em espanhol. Acho que até já aconteceu eu sonhar em chinês... que saudade...

 

 

Quem não sente saudade de sonhar porque acha que já cresceu demais, então desapareceu mesmo que não tenha vivido ainda tudo o que tinha para viver. E eu não vou desistir até sonhar de novo para não desaparecer também, e para recuperar a parte de mim que me falta sempre que não sonho. 

sinto-me: pensativa
Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

O regresso do aventureiro Jones

 

 

Vá lá... vão dizer que não estão com vontade de voltar a ver o janota aventureiro Harrison Ford na pele de Indiana Jones, de talento inegável para o humor e para o divertido chicote, conduzido por Spielberg?! Eu cá estou ansiosa! O filme conta ainda com Cate Blanchett, Shia LaBeouf, John Hurt, Jim Broadbent e Karen Allen no elenco.

Venha ele!!!

sinto-me: totalmente cinéfilaaaa
música: tátátátá...tátátáááá
palavreado por Palavreadora às 12:19

link do post | comenta palavreando | adicionar aos tesouros
Sábado, 9 de Fevereiro de 2008

Mudanças de humor... do zero ao cem em 30 segundos!

 Não lhe chamaria bem desilusão. É mais cair de cara chapada na realidade quando toda a gente parecia gritar um "Hei, míuda, não acordes, que o mundo está muito bem assim!"... ou talvez tivesse sido eu a dizer isso a mim própria, não sei bem.

 

Já nem pica dá, nem interesse suscita,  qualquer modelo. Conheço alguém que vai ficar furiosa comigo por dizer isto, mas a verdade é que já desde há algum tempo que o prestável não passa disso mesmo: o vazio de "apenas" ser um modelo. E eu, pelo meu lado, não passo do vazio de "apenas" ser eu. E, infelizmente, para muita gente, isso não deve chegar [lá estou eu a vaguear outra vez pelos estereótipos]. 

 

 ***********************************************

 

Bem, temos pena, certo? Deve haver por aí quem aprecie esta pessoa. Francamente, eu bem disse que devia ter ido pra freira, não estaria com metade destes problemas!  

 

E o mais impressionante é que esses problemas cheguem, ou se aprofundem, a cinco dias do dia de S. Valentim. Dia no qual, segundo a opinião de certas pessoas, devo receber paletes de prendas dos múltiplos namorados que nem sabia que tinha. Sou uma mulher sortuda!

 

E eis como passei de um autêntico mau-humor para uma gargalhadazita em cerca de 30 segundos.... Tenho de deixar de tomar seja o que for que ando a tomar!

 

 

 

Aos bloguistas e navegantes que por aqui andam a vaguear, e a comentar, nalgumas horas das suas vidas, o meu obrigada e um beijinho. Sintam-se à vontade para deixarem sugestões. Voltem sempre.

sinto-me: pelo post, vê-se que não sei!
Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2008

E o dias vão passando...

... vão passando, sim senhora, e muito bem passados, para já.

 

Só hoje, foram logo emoções atrás de emoções, divertimento, novidades, piadas, risos, de tudo um pouco!

 

Foram daqueles raios faiscantes na aula de inglês, nem sequer sabia que o corpo conseguia produzir tamanha quantidade de adrenalina e ejectá-la em quantidades exacerbantes no sangue, por segundo.

Ainda na mesma aula de inglês, e segundo fontes seguras, fui apelidada de "nothing" e, espantosamente, nunca me deu mais gosto pensar que podiam ter-me chamado "nada". [isto é obra da Bete!]

 

Depois de uma viagem atribulada para o Norteshopping [como estava quente, né? Ai, os calores que estavam por ali à custa de duas simples palavrinhas... foi preciso ar condicionado no máximo e tudo...], e de um almoço bem saboroso, foi a vez de conhecer uma pessoa nova toda bem disposta, de discutir a diferença entre o Rex e o Max [pelos vistos, o pobre do Max é uma versão maricas do Rex, e isto não são palavras minhas!], de trocar livros de bd de boa qualidade e de ver um filme engraçado em que eu acendi infantilmente a luzinha pro tecto ou pras cadeiras, sob a desculpa de que estava a fazer uma boa acção para aqueles que se levantassem durante o mal-vindo intervalo.

 

Foi um bom dia! Diverti-me. Falei e ri que me fartei.

A todos os que fizeram parte dele, obrigada e um beijinho! 

sinto-me: satisfeita!
Sábado, 26 de Janeiro de 2008

Practice Makes Purr-fect

 

 

Esta é mesmo para a minha querida Lady Bird, pela fofura da gatinha, e porque toca tão bem! =) Por acaso, não encontrei nenhuma a tocar harpa, senão, vinha direitinho para o Viver, Palavreando!

Beijinho para a minha patruska!

E para todos quantos aqui vierem, também! Obrigada pelas vossas visitas!

sinto-me: Gatiinhaaa!
música: aquilo é meio abstracto
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Chove, chove, chuva!...

Sim, eu vim relatar o caricato incidente de hoje, mesmo sob pena de sofrer qualquer tipo de dano fatal, nomeadamente se a autora do incidente se lembrar que a minha vida é perfeitamente desprezível relativamente à sua dignidade. Quero com isto dizer que estou feita ao bife se a Joaninha se lembrar de dar aqui um pulinho para ler as paspalhices que escrevo.

Acontece, no entanto, que isto é tudo culpa, nada mais, nada menos que da Ana M.

Essa rapariga de mente impura, amante pecaminosa de fritos, induziu-me a vaguear por caminhos errantes ao tentar visualizar - mais físico ainda que visualizar, se é que me entendem! - os "ciclos cardíacos", como ela lhes chamou, pobre 'ingnorante' menina que não sabe que são respiratórios, os ciclos, e não cardíacos, e, ao tentar fazê-lo, induziu-me a sobre eles raciocinar, metendo ao barulho o simpático professor de Gestos, de voz calminha, levando, por sua vez e indirectamente (se bem que aquilo foi bem directo!!!), a pobre da supracitada Joaninha a esguichar assustadoramente a água toda, numa pontaria certeira para lado nenhum, levando ainda a uma gargalhada geral de fazer chorar!

Foi lindo.

Um momento "aquático" bastante profundo, que vai ficar na memória de todas quanto o presenciaram, nomeadamente da pobre moça que esguichou, que essa, do engasgo não morreu porque estava pra morrer de tanto rir.

À Ana M, tal como me competia, preguei-lhe sermão e missa cantada com a penitência arrastada de que deve passar o dia de amanhã na Igreja.

A todas um beijinho! =)

sinto-me: divertida!
Domingo, 20 de Janeiro de 2008

Flight Of The Conchords

 

Prestem atenção à letra, que vale a pena! Tá de partir o côco. Outra vez. =)

sinto-me: com o côco partido!
música: The Humans are Dead
PaLaVriNhAs: , , ,

Greatest story ever told...

 

Não conhecia esta música. Mas está espectacular e usar o meu filme preferido para o videoclip, por acaso vem mesmo a propósito!

Apreciem, porque já não se fazem canções de amor como antigamente! 

sinto-me: musical e... in love?! xD
palavreado por Palavreadora às 16:49

link do post | comenta palavreando | adicionar aos tesouros
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008

52 segundos pa partir o côco!...

 

Pá, eu sei que é feio rir do mal dos outros, mas com estes 52 segundos eu não aguentei. Tive mesmo de rir. Qual playback qual quê! O fulano é um tolas, a projecção de voz, mesmo quando cai do palco, é fantástica, quem não estivesse a olhar nem se apercebia da queda!!

sinto-me: divertida
música: SQUEEZ THEEZE PLEEZE
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Dedicatória nº 2 (desta vez, virtual)

Caramba, gente. Esta caloirice desta vida dá com qualquer um em doido. O horário do segundo semestre, não se pode dizer que seja péssimo, porque ainda pode vir pior, portanto, fica a ideia de que é aceitável, embora eu passe todos os santos dias praticamente sem ver a minha querida Bete. A falta que eu sinto dessa rapariga é notável.

 

É por isso que me desforro nas três horas que tenho à quinta, que são as mesmas que ela tem, em que aproveitamos para passear - seja ir à FEUP, com ar de engenheiras; ao LIDL, ao Minipreço e à loja de chineses lá da zona, com cara de fiscais; passear nas ruas, sem destino, a fazer filmes da vida; a rir, a fazer cenas dramáticas fatelas (nas quais sou particularmente especialista), entre muitos outros, que não lembram nem aos anjinhos...

 

E são muito boas as horas em que nos esquecemos da Faculdade e viajamos por aí sem destino, limitadas pela chuva e pela auto-estrada, a tirar fotos pra posteridade e a fazer asneiras até dizer chega!! =)

 

Minha linda Bete, gosto muito de ti!! =) Os nossos passeios são fantásticos, os filmes que fazemos são algo de genial (metam eles camiões sinistros com uma certa carga que eu cá sei, ou sequestradores de metrelhadoras e janotas de cabelo molhado), todo o tempo passado contigo é excelente, obrigada pela companhia, pela amizade e pelas "parvalheiras"! 

Um beijinho enoorme para tii!!! 

 smack!   

                Recados Para Orkut - RecadosOnline.com
sinto-me: divertida
música: beautiful girls - sean kingston
Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008

Porque já estava a precisar

                 

 

Já estava a precisar sim senhora de ouvir isto outra vez. Não liguem, eu sei que a imagem está desfasada do som, mas o que conta é a grande música. Se preferirem, ponham a música a tocar e vão à vossa vida, que ela é tão calminha, que, a mim, tira-me logo os nervos todos.

Quer dizer, provavelmente, passam por aqui (se passarem) e não ligam nenhuma aos grandes, mas não faz mal. Ligo eu, que sou fã por vós todos!! =)

Bom trabalho, pessoal, que também vou ver se faço algum!

sinto-me: musical e uma fã babada!
música: Hamburg Song, KEANE
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

Olhós Momentinhos!

Filme do Momento

Gosto deste filme. Porque sim. É uma comédia bonita, romântica e possui uma quantidade bastante apreciável de janotas, que só fazem bem à vista e à circulação sanguínea, é o que dizem.

Reparem, considero como Janota do Momento este senhor aqui, de nome Josh Lucas:

 

Outro do Momento, não menos Janota, é o seu "rival" no filme de que falei, Patrick Dempsey. Devem conhecê-lo de "Anatomia de Grey". Prefiro chamá-lo de "McJanota"! xD

 

E pronto. Futilidades à parte, isto mete muita caloirice, porque já recomeçaram as aulas, mas ainda não tenho muito que fazer. AINDA.

Boa sorte práqueles que se agarram, a sério, neste mês, aos exames. Espero francamente que tudo corra pelo melhor.

 

Até ao fim dessa abominabilidade, vou tentar deixar sugestões para descansarem a tola. Sejam livros, sejam filmes. =) 

Fiquem bem!

sinto-me: feliz!
música: green day, nem sei pq
Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

Errata descomunal

Caramba!! Como pude fazer isto??

É evidente que o post anterior possui um erro descomunal! Na realidade, existem muitas pessoas maravilhosas que metem conversa comigo, e conversas booas!

Olhem, é exemplo a minha priminha linda, coisa mai' linda do meu coração, gosto tanto daquela miúda que nem vos passa pela cabeça, é a melhor prima do mundo!

Outro exemplo é a Sarinha, ela ta sempre a meter conversa, também, a santa da rapariga!! E tem paciência pra mim! (e eu pra ela! xD muahaha)

E a minha Lady Bird! Quando ela está por cá, também fala sempre comigo, essa minha patruska do coração! Ai que saudade gigante tenho dela!

E a Clarisse também, quando não está muito ocupada (ou quando não dá muito trabalho xD) e a Carlinha...

A todos um beijinho! E obrigada por meterem conversa comigo! he he

BOM ANO NOVO

sinto-me: bem!
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007

Informação realmente importante à comunidade...

...ESTOU DE FÉRIAS! Oficial, total, completa, louca, fanática, histérica, teórica, prática, sensacional e finalmente de férias!!!! Qualquer trabalho, estudo, disciplina.... pode esperar pelo próximo semestre. Qualquer problema, tristeza, dificuldade.... pode esperar pelo próximo semestre. Qualquer dúvida, medo, receio ou dor.... pode esperar pelo próximo semestre.

Em termos de faculdade, já não tou pra ninguém. Em termos de trabalhos e dúvidas relativas a notas ou se o olhar da stora de bioestatística é assim tão profundo. Pra nada.

Estou pra conversas interessantes. Isso, sim. Conversas, risotas, tudo de interessante. Se bem que agora já quase ninguém mete conversa comigo... só a Bete e o <1973>. Mas vá lá que são boas conversas. E isso, para mim, chega.

Um beijinho aos dois.

Aproveitem as férias. Vocês merecem.   

sinto-me: musical e de férias!
música: The Dears - 22 The death of all romance

Feliz Natal everyone!

 

É uma música bonita. Acho eu. E está muito bem cantada. Lindas vozes angelicais.

A todos um Santo e Feliz Natal.

sinto-me: musical!
música: Christmas Canon (Trans-Siberian Orchestra)
palavreado por Palavreadora às 14:57

link do post | comenta palavreando | adicionar aos tesouros

§ mAis sObRe Mim

§ PeSquIsAr um PaLaVrEaDo

 

§ Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

§ PalAvReAdOs

§ Como arranjar bons filmes...

§ Palavreados Aleatórios V ...

§ Como nos tornarmos uns bl...

§ Quatro simples dicas...

§ Perguntinha pra casa - Dé...

§ Tenho saudades...

§ O regresso do aventureiro...

§ Mudanças de humor... do z...

§ E o dias vão passando...

§ Practice Makes Purr-fect

§ Chove, chove, chuva!...

§ Flight Of The Conchords

§ Greatest story ever told....

§ 52 segundos pa partir o c...

§ Dedicatória nº 2 (desta v...

§ Porque já estava a precis...

§ Olhós Momentinhos!

§ Errata descomunal

§ Informação realmente impo...

§ Feliz Natal everyone!

§ Das minhas preferidas!

§ Está quase!!!...

§ Outras ondas!... III

§ Caloirices e cansaço a re...

§ M.A.S.P.

§ E porque vale a pena a re...

§ Como é Natal e tal...

§ então esta é a Rute!

§ Isto é para conhecerem a ...

§ só para não dizerem que n...

§ novidades

§ meu, ele tem toda a razão...

§ Outras ondas!... II

§ Já cá faltava... a estrel...

§ OuTrOs PaLaVrEaDoS

§ Outubro 2008

§ Setembro 2008

§ Agosto 2008

§ Julho 2008

§ Junho 2008

§ Maio 2008

§ Abril 2008

§ Março 2008

§ Fevereiro 2008

§ Janeiro 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Agosto 2007

§ Julho 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Março 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ PaLaVriNhAs

§ todas as tags

§ CaiXinHa dos TeSouRos

§ Sentir os sentimentos por...

§ Uma pitada de poesia...

§ A poesia do velho

§ Uma caixinha dos tesouros...

§ Palavreados aleatórios II...

§ Conclusão inegável

§ Palavreados aleatórios - ...

§ Palavreados aleatórios II...

§ AdMiReM OuTraS ObRaS

blogs SAPO

§ subscrever feeds