Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

Até sempre***

 Não é uma despedida... Sabes que jamais me conseguirei despedir de ti. Fazes parte da minha vida, preenche-la e ao meu coração e a todo o meu ser e a tudo aquilo por que vivo...

 

Não choro por te abandonar... Deus sabe que nunca o farei! Choro porque tenho medo de te ver chorar. Tenho medo de te ver sofrer, também, como eu... Tenho medo que penses que nunca mais me sentes e eu te sinto a ti. Nunca penses isso! Não deixarei de te fazer fluir por mim e a tudo aquilo que representas. 

 

Juntos, temos uma história. Uma história de profunda amizade, de amor! És indispensável na minha vida e representas nela  mais do que alguém possa imaginar.

 

Choro... não por mim, nem por ti, mas por nós! Pela saudade que já parece estar entranhada na alma, mesmo que estejas a dois passos de distância. Parece que se interpõe entre nós um abismo intransponível, como se uma loucura de mim se apoderasse e eu não pudesse mais tocar-te. 

 

Choro... por te querer acarinhar todos os dias da melhor forma possível com ânsias de que me ames tanto quanto eu te amo... porque és, sem dúvida, alguém que me entende e aos meus sentimentos e mos deixas expressar através de ti!

 

Por tudo isto, meu querido, parte da minha vida, meu Piano, não me despeço. É e será para a eternidade um até sempre com o maior amor com que posso amar alguém!

Com muito carinho,

Tua desde e para sempre,

* Palavreadora *

  

sinto-me: pianista
música: My piano

§ mAis sObRe Mim

§ PeSquIsAr um PaLaVrEaDo

 

§ Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

§ PalAvReAdOs

§ Tá na horinha de dar umas...

§ Xii, tou feita!

§ O achado que inspirou um ...

§ Pá, não há quem entenda.....

§ Pá, já não há quem entend...

§ Curiosidades turísticas e...

§ Problema resolvido...?!

§ Instintos Matadores de Co...

§ Ainda na onda de quem est...

§ Pró que me dá, às vezes.....

§ Língua de "Perguntadora"

§ A moda e a beleza e o amo...

§ Verão com "cheirinho"... ...

§ Despedida das férias de V...

§ No que pensamos quando te...

§ Novidades ao estilo do ve...

§ Como arranjar bons filmes...

§ Infantilidades à parte...

§ Pah, não entendo...

§ ... e já que estou com a ...

§ Olhó que a saudade trouxe...

§ Profissão: Santo Escritor...

§ Sentir os sentimentos por...

§ O achado que inspirou um ...

§ Turismo do mais curioso

§ Telepatia Virtual

§ A sorte que não calha a t...

§ Tentativas (quase) frustr...

§ Um olhar para o futuro...

§ Fanatismos

§ Enquanto o trabalho ocupa...

§ Quem disse que o Anjo da ...

§ Outra história, e coisa e...

§ No meio da poeira do temp...

§ Palavreados Aleatórios V ...

§ Adrenalina... muita adren...

§ Palavreados aleatórios IV...

§ Outras ondas!... IV

§ Sintam-se a dançar... eu ...

§ Isto é que é ler as entre...

§ Um pouco de jazz "sentime...

§ Uma caixinha dos tesouros...

§ E as coisas simples (ou n...

§ Palavreados aleatórios II...

§ Um calmante, ou dois...

§ Como nos tornarmos uns bl...

§ Vamos lá esclarecer uma c...

§ Quando [não] se ama algué...

§ Quatro simples dicas...

§ Não resisti...

§ OuTrOs PaLaVrEaDoS

§ Outubro 2008

§ Setembro 2008

§ Agosto 2008

§ Julho 2008

§ Junho 2008

§ Maio 2008

§ Abril 2008

§ Março 2008

§ Fevereiro 2008

§ Janeiro 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Agosto 2007

§ Julho 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Março 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ PaLaVriNhAs

§ todas as tags

§ CaiXinHa dos TeSouRos

§ Sentir os sentimentos por...

§ Uma pitada de poesia...

§ A poesia do velho

§ Uma caixinha dos tesouros...

§ Palavreados aleatórios II...

§ Conclusão inegável

§ Palavreados aleatórios - ...

§ Palavreados aleatórios II...

§ AdMiReM OuTraS ObRaS

click to comment

§ que horas são isto?

badge

§ quantos viveram por aqui

blogs SAPO

§ subscrever feeds